Projetos interessantes abertos à colaboração

Seria interessante documentar alguns projetos extremamente interessantes que vi durante minhas andanças. Isto é um pouco mais relevante aqui na ArduInRio pois pelo menos quando estávamos começando, conseguimos uma mistura muito interessante de pessoas, habilidades e energia construtiva, porém tinhamos alguma dificuldade de convergir em algum projeto por um bom tempo.

Para os apressados aqui vão os projetos :

  • OpenROV – Para quem não conhece ROV é um robô de exploração aquática. Extremamente interessante e com desafios técnicos às vezes mais interessantes que aeromodelismo.
  • Robo de exploracao aberto – Equivalente aos robos de exploracao como o “Curiosity” mas numa escala bem menor.

Existem muitos outros e pelo visto hackaday.io é um ótimo lugar para achar projetos. instructables.com às vezes tem projetos menores e mais génericos, por exemplo ano passado fiz minha propria OPESK. Publicação de um brasileiro.

Um modelo bem interessante é o praticado pela galera do BioCurious. Eles começaram este projeto de uma impressora 3D de células, e tem uma reunião semanal toda quinta-feira para que os antigos, novos membros e curiosos se reunam para gastar um tempo desenvolvendo a impressora. É o que eles chamam de projeto comunitário.

Sinceramente acredito que a comunidade cresceu bastante desde 2009. Uma coisa que eu gostaria de fazer mas quando tive a chance não tinha visto a melhor maneira de fazer isto acontecer é um projeto comunitario, onde de fato houvessem reuniões periódicas. Uma coisa que ajudaria muito o interesse coletivo é já ter algo pronto.

Acredito que estes e outros projetos open-source são a melhor solucão para este problema, pois já se comeca de um ponto avançado, já existiria um protótipo inicial para atrair o interesse coletivo e então o grupo partiria deste ponto para melhorar o protótipo inicial e colaborar de volta com os desenvolvedores que comecaram o projeto.

Um outro aspecto disto é ter um lugar para fazer as reuniões. Tentando não criar muitas condições (tem que ter isso, aquilo, etc..) para que a coisa aconteça, acredito que um “vale-tudo” é o melhor jeito de se fazer isto. Já nos reunimos diversas vezes em universidades públicas, escolas técnicas, casa do fulano, agora já existem alguns hackerspaces no Rio. Então se há vontade não devem faltar opções.

This entry was posted in Encontros Técnicos, Eventos, Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>